NOTÍCIAS / EVENTOS
26/09/2014

Coringa Incentiva Formação de Bombeiros Mirins em Arapiraca

Coringa incentiva formação de Bombeiros Mirins em Arapiraca

O Projeto Bombeiro Mirim em Arapiraca contou com o apoio de mais uma grande empresa este ano, O Grupo Coringa. Existente em outros Estados, foi trazido pelo Sargento do 7º Grupamento de Bombeiros Militar e Coordenador do projeto Ilson Barbosa dos Santos em 2011, onde começou com 40 alunos. Este ano o projeto cresceu e foram mais de 200 inscritos, entre 10 e 15 anos, dos quais, 57 foram selecionados. Atuante em outros projetos sociais, a empresa foi apresentada a causa e hoje é uma das suas principais apoiadoras.

Os alunos da Escola Municipal de ensino fundamental Cristo Redentor, situada no bairro Manoel Teles, foram os grandes contemplados da ação. A escolha é realizada pela prefeitura, que avalia como critério, o alto índice de criminalidade, prostituição infantil e envolvimento de jovens e crianças com drogas na região. Os adolescentes ainda são avaliados com provas de português, matemática e conhecimentos gerais. Só aqueles que tiverem bom desempenho podem ingressar no projeto.

Entre as atividades desenvolvidas estão, educação física, instruções militares, primeiros socorros, prevenção e combate ao incêndio, salvamentos e informática básica. O Núcleo de Prevenção a Violência da Secretaria de Assistência social também ajuda com palestras sobre sexualidade, drogas, empreendedorismo e aulas sobre arte e cultura. Nas aulas sobre meio ambiente, são cultivadas diversas hortaliças e realizados alguns trabalhos com reciclagem. Para descontrair, as aulas de recreação fazem a festa da criançada com futebol, piscina e passeios. A Prefeitura também disponibiliza aulas de reforço de matemática e português e alguns eventos como o Desfile de Independência do Brasil e da Emancipação Política de Arapiraca são abrilhantados pelos meninos e meninas do  projeto.

Segundo o Coordenador do Projeto, Sargento Ilson Barbosa, o projeto recebe a alimentação e transporte da prefeitura e o espaço físico do corpo de bombeiros. Por isso é imprescindível a ajuda de empresas privadas para que as atividades sejam possíveis. “É de extrema importância o apoio da iniciativa privada para suprir as necessidades que o Estado e a Prefeitura não disponibilizam. A aquisição de materiais como bebedouro, uniformes, material didático e impressora, só foi possível graças a empresas como o Coringa. Só assim podemos padronizar o projeto e cobrar disciplina, higiene, organização e apresentação pessoal”. O Sargento está a 12 Anos no Corpo de bombeiros e há 03 anos está à frente do projeto junto com os Sgtos José Carlos Barbosa e Cleber Alves.

O projeto acontece nas segundas, quartas e sextas, de 07:30 e 11:30. Nas terças e quintas, os coordenadores visitam as famílias e acompanham o desenvolvimento dos alunos. Para permanecer, o aluno precisa ter bom desempenho nas disciplinas escolares e um bom comportamento escolar e familiar. “É visível a mudança de comportamento tanto na escola como na família, tornam-se menos agitados e agressivos. Esquecem a dura realidade que vivem e se afastam de má influências. Acabam levando tudo que aprendem para o dia a dia. Já tivemos casos de bombeiros mirins que utilizaram seus conhecimentos em salvamentos como incêndio e engasgo, estamos felizes em poder multiplicar nossos conhecimentos.” Afirmou o Sgto Cleber Alves, que se orgulha dos resultados e da transformação na vida dos adolescentes.

“Para nós do Coringa, é uma honra poder contribuir com o futuro destes jovens e diminuir a vulnerabilidade social destas famílias. Muitas crianças realizam sua primeira refeição no projeto. Não podemos cruzar os braços diante desta realidade. Toda ajuda é bem vinda por menor que seja. Conheci o trabalho de perto e os recursos são bem direcionados por profissionais sérios e competentes.” Afirmou a Coordenadora de Publicidade do Grupo, Kilma Marques.

Atualmente, os Bombeiros mirins são apoiados pela Prefeitura de Arapiraca, Corpo de Bombeiros e 17 empresas privadas, como o Grupo Coringa, Mineração Vale Verde e Ms Log. As inscrições acontecem em janeiro dentro da escola e é comunicada pela própria diretoria. Empresas que se interessem em apoiar o projeto devem procurar os Sgtos na Corporação.



© Copyright 2017 | Todos os direitos reservados.